Biografia da tenista franco-canadense Eugenie Bouchard

Biografia da tenista franco-canadense Eugenie Bouchard

Eugenie Bouchard – Francês-Canadense Popular tenista. Conhecida por falar em torneios de Grand Slam. Em particular, em 2014, ela entrou na semifinal duas vezes (Australian Open, Rolan Garros) e uma vez na final (Wimbledon).

O artigo revisa a biografia de Eugenie Bouchard.

Infância

A menina nasceu com sua irmã em 25 de fevereiro de 1994 na pequena cidade de Westmount. Além de dois gêmeos, a família teve mais dois filhos mais velhos. Pai é um financista que foi o único ganha-pão da família. Mãe fazia as tarefas domésticas e criava filhos.

Vida pessoal

Antes mesmo de entrar na escola, Eugenie aprendeu a jogar tênis. Após a primeira competição, ficou claro que a menina tem um talento incrível que precisa ser desenvolvido. Aos oito anos, ela jogou em suas primeiras competições. No ano seguinte, Eugénie conseguiu impressionar a todos com seu desempenho, derrotando rivais que eram vários anos mais velhos no torneio.

Após sucessos surpreendentes, a garota se mudou para a Flórida, onde estudou na famosa Academia de Lauderdale. O mentor de Buschar foi o famoso treinador Nick Saviano, que trabalhou com muitos tenistas famosos.

Seis anos depois, Eugenie voltou para Montreal, onde estudou no National Training Center.

Carreira jovem

A estréia no tênis ocorreu em 2008 na versão ITF do torneio. Por três anos de apresentações, o tenista franco-canadense não conseguiu vencer os títulos. O primeiro sucesso ocorreu em 2011, quando um jovem atleta recebeu um convite para a equipe nacional. No mesmo ano, Eugénie venceu dois torneios da ITF: no início de fevereiro, o torneio em Bernie e no início de abril em Sibenik. Por dois torneios vencidos, o tenista recebeu 35 mil dólares em prêmios em dinheiro.

Foto de Eugenie Bouchard

No verão daquele ano, Eugenie Bouchard recebeu um convite para o torneio da série WTA. Na primeira rodada, a franco-canadense venceu a alemã Alison Risk, mas na segunda rodada ela foi derrotada e saiu voando da classificação.

No ano seguinte, o jovem tenista continuou a ganhar torneios da ITF. Ao longo da temporada, Eugenie ganhou quatro títulos: duas vezes em torneios em Bostad, e outra em Toronto e Granby. Como resultado, pelos quatro troféus conquistados, a menina recebeu quase cem mil dólares em prêmios em dinheiro. No entanto, no mesmo ano, Eugénie, pela primeira vez em sua carreira, sentiu a amargura da derrota na final. Em um torneio em Saguenay, um jovem tenista foi derrotado pela americana Madison Keyes.

Carreira adulta

Em 2013, Eugenie decidiu mudar para um nível mais complexo. Ela se mostrou nos torneios da série WTA. A atleta conseguiu atrair muita atenção, pois apresentou excelentes resultados para a idade. Jogo de Charleston trouxe vitória sobre Samantha Stosur que estava no top ten ranking. Após o torneio, Eugenie estava entre as primeiras cem do ranking mundial. No final da primavera, o tenista chegou à fase semifinal nos jogos em Estrasburgo e, em seguida, no torneio de Grand Slam na França, entrou na segunda rodada. Em Wimbledon, Eugenie jogou até a terceira rodada, derrotando o famoso tenista sérvio Anu Ivanovich.

Desempenho do torneio

2014 foi um ano marcante na carreira do tenista franco-canadense. No primeiro torneio de Grand Slam na Austrália, Eugenie chegou às semifinais, o que ela surpreendeu muitos. Depois de se apresentar na Austrália, a garota estava no top 20 do ranking. No final de maio, ela venceu o primeiro e o último torneio WTA. Nos jogos do Grand Slam na França, o jovem atleta também chegou às semifinais. E em Wimbledon, ela conseguiu se destacar ao entrar na final, onde perdeu para a tcheca Petra Kvitova. Como resultado, no final da temporada, Eugenie conseguiu entrar entre os dez primeiros do ranking mundial, ocupando o sétimo lugar.

Nos anos seguintes, Bouchard não conseguiu mostrar resultados decentes, caindo mais baixo no ranking. Somente em 2016, a tenista franco-canadense chegou às duas finais nos torneios da WTA, mas nas duas vezes perdeu para rivais de igual força.

Tenista franco-canadense

Classificação

Eugenie Bouchard, em 2013, conseguiu pela primeira vez em sua carreira chegar à primeira centena do ranking, levando 32 linhas. No ano seguinte, cheguei ao top ten. Nos dois anos seguintes, a jovem atleta permaneceu no TOP 50, mas em 2017 praticamente saiu das primeiras cem da classificação. Este ano, Eugénie está fora dos primeiros cem da classificação, mostrando resultados indistintos em torneios menores.

Apresentações de Grand Slam

O ano de 2014 foi mais bem-sucedido quando o tenista franco-canadense conseguiu chegar a duas semifinais na Austrália e na França em um ano. Em Wimbledon, Eugenie chegou à final. Nos anos seguintes, o jovem atleta não mostrou resultados tão impressionantes, perdendo para rivais fracos nas primeiras rodadas.

Vida pessoal

Eugenie Bouchard ganhou fama após a notícia postada no Twitter. Em uma das partidas de futebol americano, a garota conheceu um aluno John Gerke, com quem discutiu em um encontro. A essência da disputa foi escolher o vencedor da partida. Ela perdeu e, portanto, teve que ir ao seu encontro. Mais tarde, muitas fotos conjuntas de Gerke e Bouchard apareceram. Até se falou em casamento. Após um ano de relações, o sindicato terminou. Amor e separação não afetaram o desempenho no tênis. Eugenie Bouchard mostrou excelentes resultados.

Performance em Wimbledon

Quando o caso com o jovem terminou, os paparazzi atribuíram os laços dos tenistas a atletas famosos. Por exemplo, havia um boato sobre um relacionamento com o jogador de hóquei Jordan Karon. E em 2014, a mídia persistentemente garantiu que o atleta franco-canadense tinha um caso com Justin Bieber. No entanto, tudo isso permaneceu no nível dos boatos. Eugenie tenta não anunciar sua vida pessoal em geral ou seus relacionamentos amorosos em particular.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *