Tenista Kafelnikov Evgeny Aleksandrovich: biografia, vida pessoal

Tenista Kafelnikov Evgeny Aleksandrovich: biografia, vida pessoal

Evgeny Kafelnikov é um excelente tenista da época dos anos noventa e início do zero. Segundo muitos fãs, ele é o melhor tenista russo da história. Na Rússia, não apenas os fãs de tênis ouviram falar dele, mas também todos que estão um pouco interessados ​​na vida esportiva do país. O que um atleta notável se lembra tanto, o que Evgeni Kafelnikov está fazendo agora?

Infância e juventude

Evgeny Aleksandrovich Kafelnikov nasceu em 18 de fevereiro de 1974. Sua pequena terra natal é a cidade de Sochi, território de Krasnodar, onde seus pais ainda moram. Segundo as histórias de Eugene, ele teve uma infância completamente normal: os pais mantiveram a criança sob controle, mas não eram excessivamente rigorosos.

O pai de Kafelnikov, Alexander Nikodimovich, estava envolvido profissionalmente no vôlei, e sua mãe, Valentina Fedorovna, não tinha um relacionamento sério com o esporte.

Um amigo de Alexander Kafelnikov, Valery Peschanko, primeiro propôs dar a Eugene uma criança de cinco anos uma raquete nas mãos e, observando como o garoto realiza os exercícios, notou uma boa sensação de bola.

Depois de trabalhar com uma criança por várias semanas e garantir que ele tivesse talento, Peschanko entregou Eugene para treinar Valery Shishkin. Sob a liderança de Shishkin, Eugene se apresentou com sucesso em competições domésticas, em uma das quais ele foi apontado por Shamil Anvyarovich Tarpishchev, capitão da equipe nacional de tênis da URSS, como um jogador promissor. Graças à ajuda de Shamil Anvyarovich, Eugene teve a oportunidade de viajar para torneios no exterior.

Em 1991, depois de um estágio nos Estados Unidos na Nick Bolletieri Academy, Eugene considerou necessário se separar de um treinador. Anatoly Lepeshin se tornou o novo mentor de Kafelnikov, que levou o jovem talentoso a grandes conquistas na turnê adulta.

Kafelnikov está jogando

Carreira profissional

A primeira partida do torneio da série ATP, Eugene venceu em 1992 em Moscou.

Em 1993, o atleta venceu o primeiro desafio na categoria de desafio.

No início de 1994, na véspera do vigésimo aniversário, em Adelaide, um jovem tenista finalmente venceu a copa do campeonato ATP, embora ainda não seja a mais prestigiada. Após esse sucesso, Kafelnikov passou a primeira parte da temporada de forma convincente em superfície dura e entrou com confiança no top 100 do ranking mundial. Ao longo do ano, o tenista avançou, no final do ano, na 11ª linha.

Um jogo consistentemente bom durante a próxima temporada tornou possível ganhar uma posição firme no primeiro escalão de jogadores, mas 1996 se tornou um evento verdadeiramente triunfante para Eugene. No torneio Roland Garros, ele ganhou uma vitória brilhante. Pela primeira vez na história, um tenista da Rússia venceu uma competição tão prestigiada. Eles conseguiram vencer em duas categorias ao mesmo tempo: simples e dupla. Uma conquista semelhante não pôde ser repetida por nenhum jogador.

Em 1999, o tenista Yevgeny Kafelnikov liderou o ranking de tenistas profissionais, tendo vencido seu segundo torneio de Grand Slam na Austrália.

Kafelnikov com um treinador

Em Sydney, em 2000, um atleta russo se tornou o campeão das Olimpíadas.

E em 2002, a equipe russa conseguiu vencer a Copa Davis, que Eugene chamou anteriormente de principal dos troféus perdidos. Embora, na final contra a seleção da França, Kafelnikov não tenha trazido os pontos da equipe, ele, como torcedores e especialistas russos, considerou a vitória merecida, já que ele era o líder da seleção por muito tempo.

Um ano depois, Kafelnikov anunciou sua aposentadoria aos 29 anos. Ele explicou sua decisão pelo fato de que novos jogadores jovens aparecem na turnê, inclusive da Rússia, com quem está se tornando cada vez mais difícil competir com tenistas mais velhos.

Vitória

Em singles:

  • Adelaide, Hard, 1994.
  • Copenhagen, Carpet, 1994.
  • Long Island, Hard 1994.
  • Milão, tapete, 1995.
  • São Petersburgo, tapete, 1995.
  • Gstaad, Grunt, 1995.
  • Long Island, Hard, 1995.
  • Adelaide, Hard, 1996.
  • Praga, solo, 1996.
  • Paris, Ground, 1996 (Torneio Grand Slam).
  • Lyon, tapete, 1996.
  • Halle, Grass, 1997.
  • New Haven, Hard, 1997.
  • Moscou, tapete, 1997.
  • Londres, tapete, 1998.
  • Halle, Grass, 1998.
  • Moscou, tapete, 1998.
  • Melbourne, Hard, 1999 (Torneio Grand Slam).
  • Roterdã, tapete, 1999.
  • Moscou, tapete, 1999.
  • Sydney, Hard, 2000 (Jogos Olímpicos).
  • Moscou, tapete, 2000.
  • Marselha, tapete, 2001.
  • Moscou, tapete, 2001.
  • Halle, Grass, 2002.
  • Tashkent, Hard, 2002.

Em duplas:

  • Barcelona, ​​solo, 1994, com David Rickle.
  • Munique, Ground, 1994, com David Rickle.
  • Itália, solo, 1994, com David Rickle.
  • Lyon, tapete, 1994, com Jacob Glassek
  • Oeiras, solo, 1995, com Andrei Olkhovsky.
  • Hamburgo, Ground, 1995, com Wayne Ferreira.
  • Montreal, Hard, 1995, com Andrei Olkhovsky.
  • Lyon, tapete, 1995, com Jacob Glassek.
  • São Petersburgo, tapete, 1996, com Andrei Olkhovsky.
  • Praga, solo, 1996, com Daniel Wacek.
  • Paris, solo, 1996, com Daniel Waceck (torneio de Grand Slam).
  • Basel, Hard, 1996, com Daniel Wacek.
  • Vienna, Carpet, 1996, com Daniel Waceck.
  • Paris, solo, 1997, com Daniel Waceck (torneio de Grand Slam).
  • Gstaad, solo, 1997, com Daniel Wacek.
  • Nova York, Hard, 1997, com Daniel Wacek.
  • Antuérpia, Hard, 1998, com Wayne Ferreira.
  • Vienna, Carpet, 1998, com Daniel Wacek.
  • Barcelona, ​​solo, 1999, com Paul Harcheis.
  • Monte Carlo, Ground, 2000, com Wayne Ferreira.
  • Viena, Hard, 2000, com Nenad Zimonich.
  • Indian Wells, Hard, 2001, com Wayne Ferreira.
  • Rome, Ground, 2001, com Wayne Ferreira.
  • São Petersburgo, Hard, com Denis Golovanov.
  • Paris, solo, 2002, com Paul Harcheis.
  • Indian Wells, Hard, 2003, com Wayne Ferreira.
  • Washington, Hard, 2003, com Sargis Sargsyan.
Kafelnikov com medalha olímpica

Na equipe:

Copa Davis, 2002, com Marat Safin e Mikhail Youzhny.

Atividades após esportes

Depois de deixar o tênis, Eugene levou o golfe a sério: em 2011, um ex-tenista venceu o campeonato russo. Em 2005, ele se mostrou várias vezes em torneios de poker.

Desde 2009, participa de torneios veteranos. Ele venceu a categoria “Roland Garros” do torneio Grand Slam, com menos de 45 anos, emparelhado com Andrei Medvedev.

Ele é vice-presidente da Federação Russa de Tênis.

Kafelnikov está jogando

Opiniões políticas

Evgeny Aleksandrovich Kafelnikov era um defensor ativo da política de Boris Nikolayevich Yeltsin. Essa posição se deve em grande parte ao fato de Yeltsin ter contribuído enormemente para o desenvolvimento do tênis na Rússia.

Depois que Vladimir Vladimirovich Putin chegou ao poder, Kafelnikov continuou a apoiar o presidente, considerando Putin o sucessor de Yeltsin.

Em entrevistas posteriores, os pontos de vista de Kafelnikov mudaram drasticamente, ele várias vezes expressou publicamente insatisfação com a atual liderança do país.

Vida pessoal

Em 1998, o modelo tornou-se esposa de Eugene Kafelnikov Maria Tishkova. No mesmo ano, o casal teve um bebê. O casamento terminou três anos depois. A filha de Maria e Eugene foi criada por seu pai.

Kafelnikov com ex-esposa e filha

O atleta não entrou mais no casamento. Aparecem constantemente na imprensa rumores sobre novos romances da ex-primeira raquete do mundo, mas o próprio Yevgeny Kafelnikov praticamente não conta sobre sua vida pessoal.

Filha de Eugene, Ales Kafelnikov, funciona como modelo, frequentemente participa de eventos sociais. A menina enfatizou repetidamente em uma entrevista que ela não gostaria de ser aos olhos dos outros apenas a filha de uma tenista famosa.

Opinião de fãs e especialistas

Os fãs lembram Yevgeny Kafelnikov como o atleta mais intitulado. Assim como um dos tenistas mais marcantes da Rússia, que pela primeira vez na história do país venceu o torneio Grand Slam e liderou a classificação ATP.

Taça Davis

As biografias de Yevgeny Kafelnikov são dedicadas a vários livros, o mais famoso dos quais é “My Kafelnikov”, de Oleg Spassky. No livro, Eugene é descrito como uma personalidade controversa e um atleta talentoso.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *