Nikita Gusev: biografia, vida pessoal, família, carreira

Nikita Gusev: biografia, vida pessoal, família, carreira

Muitos jogadores de hóquei têm uma carreira de sucesso. Medalhas de ouro, copos, prêmios – tudo isso está disponível para os melhores jogadores do planeta. O atacante SKA St. Petersburg tem quase todos os troféus possíveis, mas a modéstia e a decência não permitem que ele se gabar. A biografia de Nikita Gusev é muito rica e eu gostaria de contar sobre ela em todos os detalhes possíveis.

Primeiros passos

Nikita Gusev nasceu em Moscou em 8 de julho de 1992. Desde a infância, o menino se destacou entre seus pares. Após a abertura do novo Palácio de Gelo na área onde os Gusevs moravam, Nikita foi imediatamente enviada à seção de patinação artística. Ele dominava perfeitamente todos os elementos desse esporte, mas, olhando para os garotos conhecidos, depois de um tempo estava cansado de patinar. Nikita pediu que seus pais o transferissem para o hóquei, uma seção realizada no mesmo Palácio de Gelo.

Nikita Gusev no gelo

Nikita estava um pouco atrasado para a seleção de jovens jogadores de hóquei, ele veio seis meses depois de recrutar um time local. Isso não o impediu de mostrar imediatamente seu talento e de se juntar à equipe de seus parceiros. Pouco Nikita carecia de velocidade e condição física, mas o mais importante era que ele tinha um pensamento não-padrão no site, o que o distinguia de outros colegas.

Treinador importante

O primeiro treinador do jogador de hóquei Nikita Gusev foi o competente Gennady Kurdin, que claramente controlava o processo de treinamento dos pequenos jogadores de hóquei. Para Kurdin, em primeiro lugar não havia força e poder, mas entendimento mútuo e uma representação peculiar de todas as situações no gelo. Graças a Kurdin, o jogador de hóquei Nikita Gusev conseguiu essa base, o que lhe permitiu se tornar um excelente jogador de hóquei. Uma foto de Nikita Gusev e seu primeiro treinador ainda é mantida no Ice Palace.

Primeiro treinador

Talento de Gusev

Aos 15 anos, Nikita ainda estava no caminho de se tornar um forte jogador de hóquei técnico, mas, olhando para o jogo, pode-se dizer que esse cara estava se saindo o dia inteiro. Gusev teve uma visão maravilhosa do site. Ele ainda usa todas as qualidades obtidas no hóquei infantil. Gusev não é um jogador de alta velocidade, mas compensa essa falha com drible excelente, balançando o oponente e um puxão na direção que ele precisa em uma determinada situação.

Gusev em São Petersburgo

Além das excelentes qualidades de um jogador de hóquei, Nikita também possuía características humanas sinceras. Ele nunca se reconheceu como uma estrela, o que o ajudou a ganhar uma reputação que o distingue de muitos atletas, em que pathos e arrogância em relação a muitas coisas estão em primeiro lugar.

Carreira profissional

Como mencionado anteriormente, Nikita encontrou um mentor muito competente que colocou seu coração e alma no hóquei infantil. Ele sempre alcançava conformidade e apreciava cada minuto no treinamento. O primeiro clube de Nikita foi a equipe “Ursos Polares”, sob a liderança de Kurdin. Depois que ficou claro que Gusev havia superado o nível que lhe foi concedido, ele tentou sua mão no clube agrícola do CSKA de Moscou. Tendo jogado lá por duas temporadas, no meio do campeonato, ele começou a jogar com o time principal. No mesmo ano, Gusev ganhou o primeiro troféu em sua carreira profissional, vencendo a Copa Kharlamov com a agricultura. Na temporada seguinte, Gusev alternou jogos com a juventude e a fundação, mas não conseguiu se firmar na equipe principal.

Nikita Gusev em Amur

Em 2012, ele foi para o clube da BVS – MHK Tver e depois mudou-se para uma equipe com mais status de Khabarovsk – Amur. No draft de 2012, ele foi selecionado na sétima rodada sob o número 202 pela equipe da NHL Tampa Bay Lightning, mas os direitos ao jogador depois de um tempo foram dados a Vegas. Tendo decidido ficar em casa e jogando por algum tempo para Amur, Gusev mudou novamente o registro do clube e acabou no Khanty-Mansiysk Ugra.

O jogo de Nikita Gusev foi tão impressionante que, na temporada 14/15, ele foi convidado a participar da partida de todas as estrelas da KHL. Na competição pela melhor bala, ele foi marcado pelo golpe mais gracioso, tornando-se o vencedor dessa indicação. No final da temporada, a carreira de Nikita atingiu um novo nível quando recebeu uma oferta que não pode ser recusada. Para compensação monetária por “Ugra”, ele comprou o St. Petersburg “SKA”.

Carreira internacional

Nikita Gusev iniciou sua carreira internacional na equipe juvenil até os 20 anos de idade, onde em 2012 ganhou prata no Campeonato Mundial da Juventude, marcando 9 pontos no torneio. Em 2017, ele conquistou a primeira medalha com a equipe nacional, quando a Rússia conquistou medalhas de bronze na Copa do Mundo.

Jogos Olímpicos de 2018

Mas o mais famoso para Gusev foram as Olimpíadas de 2018 em Pyeongchang, nas quais Nikita ficou surpresa com a primeira partida. Três dos quatro gols marcados no gol do adversário decidiram o destino de uma partida. Mas as ações fenomenais de Gusev e o disco, abandonado por ele na partida final contra a seleção alemã, entraram para sempre em seu nome na história do hóquei russo. Um minuto antes do final do jogo, quando a Rússia, na minoria, perdeu para os alemães, Nikita Gusev não teve medo de entrar no jogo e, com um golpe forte, bateu o disco na rede. Esse resgate deu esperança a milhões de fãs russos de que o ouro olímpico ainda é possível. No meio da prorrogação, com um forte cerco ao gol da seleção alemã, Nikita Gusev enganou seu parceiro Kirill Kaprizov, onde este a mandou para a rede com um golpe poderoso, trazendo o primeiro ouro olímpico da seleção russa.

Nikita Gusev na seleção

No final de fevereiro, o presidente russo Vladimir Putin concedeu a Nikita Gusev a Ordem da Amizade pela vontade de vencer e determinação. Além de Gusev, todos os jogadores que participaram da vitória olímpica para a Rússia receberam esses prêmios. Na foto geral, o jogador de hóquei Nikita Gusev estava ao lado de seu ídolo de infância, Pavel Datsyuk, que foi um exemplo em alcançar os sucessos de Nikita no hóquei.

Nikita Gusev e Vladimir Putin

Vida pessoal

Amigos e parceiros de equipe ligam para Nikita – Goose. É quase impossível descobrir sobre a vida pessoal de Gusev, porque ele não faz parte de nenhuma rede social. Ele não corresponde a Vkontakte, não publica entradas no Twitter e não publica fotos na popular rede do Instagram. Nikita prefere conversar com pessoas ao vivo e não perde tempo olhando para a tela do telefone.

Família Gusev

Um dos fatos conhecidos é que Gusev tem uma esposa, cujo nome é Marina. Um fato interessante aconteceu em 2017: quando o SKA venceu o Magnitogorsk Metallurg na partida de vitória da Copa Gagarin, então meninas ou esposas apoiaram todos os homens do exército. Todos, exceto a esposa de Nikita Gusev. Isso se deve ao fato de que, naquele momento, Marina estava grávida e o casal estava esperando um bebê que nasceu depois de alguns meses nos EUA. A filha se chamava Veronica, e isso é tudo o que se sabe sobre a vida pessoal de Nikita Gusev. Mesmo na entrevista, Nikita reluta em responder perguntas relacionadas à família.

Sobre planos futuros

Jornalistas e correspondentes constantemente perguntam a Nikita por que um jogador tão promissor não vai deixar o oceano e tentar sua mão na NHL. A essa pergunta, Gusev responde que, com todo o desejo de deixar o oceano, ele é prejudicado por um contrato com o grupo de São Petersburgo, cuja lacuna envolve alguns problemas. E em São Petersburgo tudo lhe convém, e Nikita ainda não vê o ponto de se mover. Uma vez ele já recusou os principais clubes da NHL por causa do risco de se perder na liga juvenil, dada a pequena idade na época.

Planos futuros

O esporte tem leis e regulamentos próprios, cuja violação não cumpre os princípios de Nikita Gusev. Gostaria de lhe desejar boa sorte e grandes conquistas, não apenas na pista de gelo, mas também em uma vida que vai além da arena de hóquei.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *